terça-feira, 28 de outubro de 2008

VAMOS FALAR DE SONHOS?

* Sendo este blog apologista dos sonhos... mal seria que ele não falasse daquele estado que nos torna em visionários capazes de vêr as mais mirabolantes situações do quotidiano, que poderá tratar-se da obra do imaginário, de uma realidade passada ou futura, uma vez que muitas das premonições que, nos sonhos, são previsíveis vir a acontecer num futuro mais ou menos próximo, ou não passarão de meras fantasias ditadas por um cérebro demasiadamente cansado, que não perde uma oportunidade para nos pregar uma partida.
* Mas, é ponto assente... os sonhos existem! Nesses sonhos encontramos uma mescla de realidade ou fantasia, de alegria ou tristeza, de esperança ou ódio, de vida ou morte, e para isso o oráculos dos sonhos vai dando algumas interpretações mais ou menos aceite, consoante sejamos ou não cépticos destas coisas que tocam no sobrenatural, no paranormal ou no espíritual. Quantas vezes somos levados a recorrer à esperança de que alguns dos nossos sonhos se concretizem, especialmente nas coisas do amor, do dinheiro, da saúde ou da falta desta. Haverá alguma razão que esteja subjacente a esta crença? Ou será apenas um desejo que ressalta do facto de que, em alguns momentos, gostaríamos de mudar o rumo da nossa vida e assim vamos SONHANDO COM ESSE DIA?
* Afinal... o que é o sonho? O sonho será uma experiência com significados distintos para quem faça um ampliado debate que contemple a religião, a ciência e a cultura. No campo da Ciência, o sonho será uma experiência da imaginação do inconsciente durante aquele período em que acontece o nosso sono. É muito recente a descoberta de que também os bébés, ainda no útero materno, têm sono REM (movimentos rápidos dos olhos) e sonham, só não se sabendo com o quê. Nas diversas tradições culturais e religiosas o sonho surge revestido de poderes premonitórios ou até mesmo como sendo uma expansão da consciência.
*Existem muitos e diferentes tipos de sonhos. Há especialistas que os têm tentando entender e os vão dividindo em grupos:
Sonhos criativos: As pessoas que tem sonhos criativos representam esses sonhos através da pintura ou através de livros. Sonhos lúcidos: Quando a pessoa está a sonhar, e sabe que está mesmo a sonhar, conseguindo controlar o que está a acontencer como se estivesse a dirigir um filme. Essas pessoas conseguem encontrar-se com outras pessoas através dos seus sonhos e depois, quando acordam, descobrem que as pessoas com quem sonharam tiveram o mesmo sonho com as mesmas pessoas e as mesmas coisas. Pesadelos: Sonhar com monstros ou fantasmas significa que se está com medo de alguma coisa na vida real e que vai precisar de ser confrontado. Ao sonhar que se está preso em algum lugar, quer significar que se está preso a uma situação na vida real. Sonhos previsíveis: São aqueles sonhos em que a pessoa que sonha alega que há certos eventos que irão acontecer no futuro. Sonhos repetitivos: Quando se sonha com a mesma coisa mais do que uma vez, quererá isso dizer que há alguma coisa que está a causar preocupações na vida real. Sonhos sensuais: Todos nós sonhamos sobre questões de sexualidade, especialmente quando se está a passar à fase da puberdade. É perfeitamente natural que se tenham sonhos com esse tipo de coisas em qualquer estágio de nossas vidas.
* Eis uma lista com os símbolos mais comuns que aparecem nos sonhos.
Árvores: São símbolos da vida e também podem significar família.
Voar: É um símbolo clássico. Pode vir em forma de pássaros ou aviões, mas todos eles querem dizer liberdade.
Números: Cada número tem um significado diferente.
Morte: Regra geral, não são sobre alguém que está a morrer. Poderá significar o fim de uma fase da sua vida ou o fim de alguma coisa que não lhe é mais útil .
Jardins: Representam aquilo que se sente no momento. Ao sonhar com um jardim, procurar lembrar os detalhes, com que se parecia, se tinha muitas flores, de que tipo...
Cruzamento: Quer dizer que tem muitos e diferentes caminhos para escolher e seguir na sua vida. Tente recordar o que está escrito nas placas que vê no seu sonho, pois isso poderá ajudar a que tome uma decisão.
Nascimento: Literalmente pode significar a chegada de um bébé, mas também poderá significar, para si, o inicio de uma vida nova .
Prédios: Representam o próprio sonhador. Tendo sonhos com corredores e cómodos de uma casa, é porque está a tentar entender-se a si mesmo.
Montanhas: Significam as coisas que mais deseja na sua vida. Podem igualmente siginificar os obstáculos que terá de superar.
Comer e beber: Quase sempre aparecem nos sonhos, mesmo que não tenha fome ou sede. Siginifica que necessitará de alguns extras na sua vida.
Mapas: Podem mostrar o caminho que devemos seguir... mas também poderá significar que se vai fazer uma viagem .

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Alçar vôo

+O+

É loucura muito minha, Senhor,
esperar que o teu Amor
depois de todos os desmandos
me aceite como eu sou.
É loucura muito minha, Senhor,
esperar com terno ardor
que em minhas limitações
faças loucuras de amor.
Águia não sou, meu Senhor.
Dela trago tão somente o olhar
e, também, no coração,
a aspiração do seu voar, voar...
*
(in Passarinho - de Santa Terezinha do Menino Jesus)

sábado, 11 de outubro de 2008

FRASES E PENSAMENTOS...filosóficos


  • “Deus não joga dados com o mundo; ele é sutil, mas não é maldoso”
  • “A humanidade se apaixona por finalidades irrisórias que tem por nome a riqueza, a glória, o luxo. Desde moço já as desprezava”
  • “Se eu, em algum livro, disse o que não é verdade, não estou disposto a brigar com Deus porque ele não fez o mundo assim como eu disse”
  • “A pior das instituições gregárias se intitula exército. Eu o odeio. Se um homem puder sentir qualquer prazer em desfilar ao som de uma banda militar, basta para merecer o meu desprezo. Esse homem recebeu um cérebro volumoso por mero engano, a espinha dorsal seria perfeitamente suficiente para ele. Deveríamos fazer desaparecer o mais depressa possível este câncer da civilização. Detesto com todas as forças o heroísmo obrigatório, a violência gratuita e o nacionalismo débil. A guerra é a coisa mais desprezível que existe. Preferia deixar-me despedaçar a participar de coisa tão abominável”
  • “Quanto mais aprendo, mais me dou conta da minha ignorância”
  • “É estranho que eu, que escrevi apenas livros impopulares, tenha me transformado num personagem tão popular”
  • “A única coisa que interfere com meu aprendizado é a minha educação. Educação é o que resta depois de ter esquecido tudo que se aprendeu na escola”
  • “Quando eu era jovem razoavelmente precoce, fiquei impressionado com a futilidade das esperanças e da ambição que acossam, incansavelmente, a maioria dos homens durante toda a sua vida. Além disso, muito cedo percebi a crueldade dessa busca, que naquele tempo era muito mais cuidadosamente disfarçada pela hipocrisia e por palavras brilhantes. Todos estavam condenados a participar dela pela mera existência de seus estômagos”
  • “Penso noventa e nove vezes e nada descubro; deixo de pensar, mergulho em profundo silêncio: eis que a verdade se me revela”
  • “O único homem que está isento de erros, é aquele que não arrisca acertar.”
  • “Estou absolutamente convencido de que nenhum dinheiro pode ajudar a humanidade a progredir, mesmo que ele esteja nas mãos de homens que demandem uma meta superior. O que pode conduzir o homem a nobres ideais e realizações é tão somente o exemplo de grandes e puras personalidades. O dinheiro nunca deixa de favorecer o egoísmo e sempre nos leva a abusos. Pode alguém imaginar Moisés, Jesus ou Gandhi, armados de um saco de dinheiro nas mãos?”
  • “Existem duas coisas infinitas: o Universo e a tolice dos homens”
  • “Grandes almas sempre encontraram forte oposição de mentes medíocres”
  • “A política é apenas por um momento, enquanto uma equação é para a eternidade”
  • “O mais incompreensível do mundo é que ele seja compreensível”
  • “Não procure ser um homem de sucesso; busque apenas ser um homem de valor”
  • “O problema de morar sozinho é que sempre é a nossa vez de lavar a louça”
  • “A realidade é uma ilusão, embora bastante persistente”
  • “A paz é a única forma de nos sentirmos realmente humanos”
  • “O ser humano vivencia a si mesmo, seus pensamentos, como algo separado do resto do universo - numa espécie de ilusão de ótica de sua consciência. E essa ilusão é um tipo de prisão que nos restringe a nossos desejos pessoais, conceitos e ao afeto apenas pelas pessoas mais próximas. Nossa principal tarefa é a de nos livrarmos dessa prisão, ampliando o nosso círculo de compaixão, para que ele abranja todos os seres vivos e toda a natureza em sua beleza. Ninguém conseguirá atingir completamente este objetivo, mas lutar pela sua realização já é por si só parte de nossa liberação e o alicerce de nossa segurança interior.”
  • “O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário”
  • “A imaginação é mais importante do que o conhecimento. O conhecimento é limitado, a imaginação rompe barreiras”
  • “Se minha teoria da relatividade revelar-se correta, a Alemanha afirmará que sou alemão, os suíços dirão que sou cidadão suíço e os franceses me chamarão de cidadão do mundo. Mas se minha teoria fracassar, os franceses me chamarão de suíço, os suíços de alemão e os alemães me chamarão de judeu."
  • “A palavra progresso não terá qualquer sentido quando houver crianças infelizes”
  • “A maioria de nós prefere olhar para fora e não para dentro de si próprio”
  • “Eu aceito o mesmo Deus que o nosso grande Spinoza chama a alma do Universo, não creio num Deus que se preocupe com as nossas necessidades pessoais”
  • “Nunca penso no futuro, ele chega rápido demais.”
  • “Não tenho o direito de relaxar os esforços que tenho feito para conscientizar os povos do mundo inteiro, e mais ainda seus governantes do desastre inigualável que provocarão com certeza, se não se decidirem a mudar de atitude… Essa arma, quisemos que fosse entregue nas mãos das nações americanas e britânica, que souberam lutar pela paz e pela liberdade. Mas a constituição das Nações Unidas até agora não trouxe garantia de paz e liberdade que parecia, no entanto, prometer. Nós ganhamos a guerra, mas ainda não ganhamos a paz”
  • “Existem apenas duas maneiras de ver a vida. Uma é pensar que não existem milagres e a outra é acreditar que tudo é um milagre”
  • “A ciência sem a religião é paralítica e a religião sem a ciência é cega”
  • “Deus é a Lei e o Legislador do Universo”
  • “No meio de qualquer dificuldade encontra-se a oportunidade.”
  • “A coisa mais bela que o homem pode experimentar é o mistério. É essa emoção fundamental que está na raiz de toda ciência e toda arte.”
  • “Talvez algum dia a solidão venha a ser adequadamente reconhecida e apreciada como mestra da personalidade. Há muito que os orientais o sabem”
  • “Futuras gerações dificilmente acreditarão que tenha passado pela face da Terra, em carne e osso, um homem como Mahatma Gandhi”
  • “A paz não pode ser mantida à força. Somente pode ser atingida pelo entendimento.”
  • “Se eu não fosse judeu, seria um quaker”
  • “Aquele que considera sua vida e a dos outros sem qualquer sentido é fundamentalmente infeliz, pois não tem motivo algum para viver”.
  • “Em oposição aos meus apaixonados sentimentos de justiça e deveres sociais, sempre experimentei a total ausência de me aproximar dos homens e das sociedades humanas. Apraz-me sentir-me só. Nunca me entreguei de corpo e alma a um círculo de amigos, ao Estado, nem à minha própria família. Pelo contrário, sempre senti nesses laços o indefinível sentimento de ser um estranho em seu desejo de solidão”
  • ***
  • Compilados por Roberto Pinheiro

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

VIDA...

uuu

Temos, todos que vivemos,
Uma vida que é vivida
E outra vida que é pensada,
E a única vida que temos
É essa que é dividida
Entre a verdadeira e a errada.
Fernando Pessoa

domingo, 5 de outubro de 2008

DORMIR! NÃO TER DESEJOS NEM 'SPERANÇAS!


Dormir! Não ter desejos nem 'speranças
Flutua branca a única núvem lenta
E na azul quiescência sonolenta
A deusa do não-ser tece ambas as tranças
*
Maligno sopro de árdua quietude
Perene a fronte e os olhos aquecidos,
E uma floresta-sonho de ruídos
Ensombra os olhos mortos de virtude
*
Ah, não ser nada conscientemente!
Prazer ou dor? Torpor o traz e alonga,
E a sombra conivente se prolonga
No chão interior, que à vida mente.
*
Desconheço-me. Embrenha-me futuro,
Nas veredas sombrias do que sonho.
E ao ócio em que diverso me suponho,
Vejo-me errante, demorado e obscuro
*
Minha vida fecha-se como um leque.
Meu pensamento seca como um vago
Ribeiro no Verão. Regresso, e trago
Nas mãos flores que a vida prontas seque.
*
Incompreendida vontade absorta
Em nada querer... Prolixo afastamento
Do escrúpulo e da vida no momento.
+
Poema de
Fernando Pessoa